Tudo sobre São Vicente em um único lugar – São Vicente Online

Encontre, avalie e compartilhe locais e empresas perto de você

Em quê você está interessado? Explore algumas das melhores dicas da cidade de São Vicente

Conheça nosso trabalho Descubra como o São Vicente Online pode ajudá-lo a encontrar tudo o que quiser.

Escolha o que fazer
À procura de um hotel acolhedor para ficar, um restaurante para comer, um museu para visitar ou um shopping para fazer compras?
Encontre o que você quer
Pesquisar e filtrar centenas de listas, ler comentários, explore fotos e encontrar o local perfeito.
Conheça novos locais
Não perca tempo, abra a mente e explores locais diferenciados e negócios inusitados. Isso é São Vicente, a primeira cidade do Brasil.

Últimas Notícias

  • Homem é preso após usar cartão de vítima com mesmo nome para comprar moto de R$ 11 mil em SP



    Caso aconteceu em Jacupiranga, no interior paulista. Segundo a Polícia Civil, suspeito foi identificado após vítima denunciar movimentações ilegais em sua conta bancária. Caso foi registrado na Delegacia Sede de Jacupiranga, SP Divulgação/Polícia Civil Equipes da Polícia Civil em Jacupiranga, no interior de São Paulo, prenderam em flagrante um homem suspeito de aplicar um golpe no valor de R$ 11 mil em uma vítima com o mesmo nome. De acordo com as autoridades, o criminoso se aproveitou da identificação homônima para retirar um cartão bancário no nome da vítima e comprar uma motocicleta. Conforme apurado pelo G1, o crime foi denunciado pela vítima, um homem de 49 anos, às autoridades na última quinta-feira (28), após perceber o registro de saques e movimentações financeiras ilegais na sua conta bancária. Com as informações, os policiais passaram a fazer buscas para identificar o responsável pelas transações. Após descobrirem que os saques haviam sido feitos com um cartão da própria vítima, a equipe confirmou que o denunciante e o suspeito, um homem de 46 anos, possuíam o mesmo nome, e que o rapaz conseguiu utilizar a identificação para retirar o cartão bancário, conforme explica a Polícia Civil. As autoridades apontam, ainda, que o criminoso foi surpreendido pelos policiais na última sexta-feira (29), após ele voltar ao banco para realizar novos saques. Dentre as transações, o suspeito comprou uma motocicleta e equipamentos veiculares com o cartão da vítima. Câmeras do estabelecimento também flagraram o momento da compra. Detido em flagrante, o suspeito foi encaminhado à Delegacia Sede de Jacupiranga, onde o caso foi registrado como estelionato e permanece sendo investigado. Além dos objetos apreendidos, o suspeito permaneceu à disposição da Justiça.
  • PRF apreende roupas falsificadas e captura foragido da Justiça em rodovia de SP



    Operação foi realizada em trecho da Rodovia Régis Bittencourt em Registro, no interior paulista. Peças de roupas falsificadas foram apreendidas por equipes da PRF em Registro, SP Divulgação/Polícia Rodoviária Federal Uma operação da Polícia Rodoviária Federal realizada na Rodovia Régis Bittencourt (BR-116) resultou na apreensão de dezenas de peças de roupas falsificadas e na prisão de um foragido da Justiça. Os flagrantes aconteceram em um trecho da rodovia em Registro, no interior de São Paulo, na tarde da última sexta-feira (30). Conforme apurado pelo G1, a apreensão dos objetos falsificados aconteceu por volta das 15h, na altura do Km 439. No local, os policiais abordaram um veículo na pista Sul da rodovia, com placas do município de Viamão (RS). Durante a vistoria, os policiais localizaram as peças de roupa na parte traseira e no porta-malas do carro. Questionado sobre os objetos, o motorista do veículo confessou que os adquiriu na capital paulista e que os comercializaria. Após o registro da ocorrência, o material foi apreendido e encaminhado à perícia, e o comerciante foi liberado pelas autoridades. No total, 95 peças foram apreendidas pela PRF. Por volta das 17h30, no mesmo local, os policiais abordaram um caminhoneiro de 51 anos de Blumenau (SC). Após uma pesquisa, a equipe constatou que o homem era foragido da Justiça por falta de pagamento de pensão alimentícia. Detido pelos policiais, o suspeito foi encaminhado à cadeia pública da região após o registro do caso, onde permaneceu à disposição da Justiça.