Tudo sobre São Vicente em um único lugar – São Vicente Online

Encontre, avalie e compartilhe locais e empresas perto de você

Em quê você está interessado? Explore algumas das melhores dicas da cidade de São Vicente

Conheça nosso trabalho Descubra como o São Vicente Online pode ajudá-lo a encontrar tudo o que quiser.

Escolha o que fazer
À procura de um hotel acolhedor para ficar, um restaurante para comer, um museu para visitar ou um shopping para fazer compras?
Encontre o que você quer
Pesquisar e filtrar centenas de listas, ler comentários, explore fotos e encontrar o local perfeito.
Conheça novos locais
Não perca tempo, abra a mente e explores locais diferenciados e negócios inusitados. Isso é São Vicente, a primeira cidade do Brasil.

Últimas Notícias

  • Estrangeiros são impedidos de entrar em Guarujá devido a bloqueio de acesso à cidade



    Para tentar burlar bloqueio, um carro com placa de Guarujá teria pego os dois na Rodovia Cônego Domênico Rangoni. Motoristas foram obrigados a levar turistas de volta a Guarulhos (SP) Divulgação/Prefeitura de Guarujá Um português, de 33 anos, e uma paraguaia, de 34 anos, tentaram burlar a barreira sanitária em um dos acessos a cidade de Guarujá, no litoral de São Paulo, mas foram barrados e impedidos de entrar. O bloqueio é uma das medidas adotadas para enfrentar à pandemia do novo coronavírus (Covid-19) e está em vigor desde o último sábado (21). Segundo apurado pelo G1, eles haviam pousado no Aeroporto de Guarulhos e tentaram entrar no município com um carro alugado com placa da cidade, para simular serem moradores. De acordo com o diretor de Trânsito, Alexandre Cabanas, o caso ocorreu por volta das 17h de quarta-feira (25). Uma equipe da Guarda Civil Municipal (GCM) recebeu a denúncia de que dois carros estariam fazendo transbordo de malas e passageiros, na Rodovia Cônego Domênico Rangoni, sentido Guarujá. Com as características dos dois veículos, tanto a CGM quando a equipe da Diretoria de Trânsito passaram a tentar localizá-los. Um deles, com placa de Guarujá, foi parado no bloqueio da Avenida Vereador Lydio Martins Correa, no bairro Morrinhos. Dentro do veículo estavam os dois estrangeiros e dois homens, além das malas. “O carro estava cheio. Tinha bagagem até no colo dos dois estrangeiros, além do porta-malas. Eles foram questionados de onde vinha o voo e onde se hospedariam em Guarujá, mas não quiseram falar”, afirma Alexandre. Com os documentos dos dois passageiros, as equipes viram que não se tratavam de moradores da cidade. Ainda durante a ocorrência, o outro veículo, com placa de Belo Horizonte, Minas Gerais, foi localizado em Guarujá e levado para o bloqueio do Morrinhos, para prestar esclarecimentos para a GCM. As equipes apuraram que esse carro fazia transporte de passageiros em São Paulo e teria trazido os dois turistas até a Cônego Domênico Rangoni, pouco antes da entrada da cidade. Nesse ponto, o carro de Guarujá os aguardava. Os estrangeiros e as bagagens foram passadas para esse segundo automóvel. Depois da abordagem, os motoristas foram obrigados a levar o casal para Guarulhos de volta, sob pena de serem encaminhados para a Delegacia da Sede da cidade. Carro tentava entrar com turistas em Guarujá, mesmo com bloqueio sanitário Divulgação/Prefeitura de Guarujá
  • Vale do Ribeira monitora 201 casos suspeitos do novo coronavírus



    Ainda não há casos confirmados da doença, segundo as prefeituras. Casos só são oficialmente reconhecidos como suspeitos após confirmação do Ministério da Saúde, o que ainda não ocorreu. Máscaras cirúrgicas devem ser usadas somente por quem tem suspeita de Covid-19 e para profissionais de saúde Getty Images/ BBC O número de casos suspeitos do novo coronavírus na região do Vale do Ribeira, interior de São Paulo, já chega a 201, segundo divulgado pelos municípios nesta sexta-feira (27). Casos só são oficialmente reconhecidos como suspeitos após confirmação do Ministério da Saúde, o que ainda não ocorreu. Em Registro, segundo a última atualização publicada pela Secretaria Municipal de Saúde, são monitorados 26 casos suspeitos do novo coronavírus. Todos seguem os protocolos de isolamento domiciliar. O Departamento Municipal de Saúde de Ilha Comprida informa que monitora 17 casos suspeitos. Todos foram atendidos no Posto Avançado, no Espaço Cultural Plínio Marcos, avaliados e encaminhados para isolamento domiciliar. Os pacientes estão sendo monitorados pela saúde diariamente. Miracatu divulgou que segue monitorando 14 casos suspeitos da doença. Pariquera-Açu tem 12 suspeitas do novo coronavírus, e, segundo a prefeitura, todos os pacientes estão em isolamento domiciliar, aguardando os resultados dos exames. Na cidade de Iguape há 14 pacientes com suspeita da doença e todos também seguem em isolamento domiciliar. Itariri tem quatro casos suspeitos da doença, todos em isolamento. Cananeia segue monitorando apenas um caso suspeito. Segundo a prefeitura, todo o protocolo foi seguido e o paciente já está em isolamento domiciliar, aguardando os resultados dos exames. Em Barra do Chapéu, também há o registro do 1º caso suspeito da cidade, o paciente está em isolamento domiciliar, com sintomas leves. Já Cajati aumentou o número de casos suspeitos e passa a monitorar 80 pacientes, sete aguardam resultado de exame, conforme protocolo seguido pela Saúde e os outros, seguem monitorados e em isolamento domiciliar, por apresentarem sintomas de gripe. Jacupiranga acompanha oito suspeitas. Sete Barras teve a única suspeita da doença descartada. Apiaí tem seis casos suspeitos aguardando resultado de exame. O primeiro paciente é um homem de 38 anos que encontra-se em sua residência sendo monitorado diariamente pela secretaria de saúde, assim como seus contatos. No momento todos os comunicantes encontram-se sem sinais de infecção respiratória. Já o segundo caso trata-se de uma idosa de 90 anos. Ela está em isolamento. Os outros quatro casos estão sendo monitorados em isolamento domiciliar, por apresentarem sintomas de gripe. Segundo a Prefeitura de Eldorado, a cidade registra quatro casos suspeitos, sendo monitorados e em isolamento social. Todos têm quadro de saúde estável. A orientação de isolamento se estende para os contatos e familiares desses pacientes. Juquiá tem três casos suspeitos. Tratam-se de três mulheres, todas em isolamento domiciliar. E a cidade de Pedro de Toledo, segundo última atualização divulgada pela prefeitura, monitora nove pacientes com suspeita da doença, todos também em isolamento domiciliar. Barra do Turvo registrou os dois primeiros casos suspeitos da cidade. Initial plugin text