• Unicamp 2019: veja gabarito extraoficial e correção comentada da primeira fase do vestibular



    Professores de cursinho resolvem as 90 questões aplicadas neste domingo (18); confira respostas. Universidade oferece 2,5 mil vagas distribuídas em 69 cursos de graduação. Primeira fase do vestibular foi aplicada neste domingo Fernando Pacífico / G1 A primeira fase do vestibular 2019 da Unicamp foi realizada neste domingo (18) por 69,7 mil candidatos em 30 cidades de São Paulo, além de Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Curtiba (PR), Fortaleza (CE) e Salvador (BA). Em parceria com o colégio Oficina do Estudante, em Campinas (SP), o G1 traz o gabarito extraoficial e a correção comentada das 90 questões de múltipla escolha no modelo das provas "Q e X". Ao todo, são oferecidas pela universidade 2,5 mil vagas em 69 cursos. A Oficina do Estudante, durante a correção, alterou as respostas de seis das 90 questões. Elas estão marcadas com asterisco e as alterações estão indicadas logo abaixo da lista. Correção comentada da 1ª fase - prova "Q e X" 1 - C 2 - D 3 - D 4 - B 5 - D 6 - C 7 - C 8 - D 9 - B 10 - B* 11 - D 12 - A 13 - D 14 - D 15 - D 16 - C 17 - A 18 - B* 19 - A 20 - D 21 - A 22 - B 23 - C 24 - C 25 - B 26 - C 27 - D 28 - C* 29 - D 30 - D 31 - A 32 - C* 33 - C 34 - B 35 - B 36 - A 37 - D 38 - D 39 - B 40 - B 41 - D 42 - A 43 - B 44 - A 45 - A 46 - A 47 - A 48 - C 49 - C 50 - C 51 - D 52 - C 53 - C 54 - D 55 - B 56 - B 57 - C 58 - D 59 - B 60 - C 61 - C 62 - B 63 - B 64 - B 65 - C 66 - C 67 - A 68 - D 69 - C 70 - D 71 - C 72 - D 73 - B 74 - B 75 - C 76 - A 77 - A 78 - C 79 - B 80 - D 81 - A 82 - A* 83 - C 84 - C 85 - C 86 - B* 87 - D 88 - C 89 - B 90 - B Alterações Questão 10) Inicialmente, a Oficina do Estudante considerou a alternativa "D" seria a certa, mas, após revisão, indicou que a letra "B" é a solução correta para a pergunta. Questão 18) Inicialmente, a Oficina do Estudante considerou a alternativa "D" seria a certa, mas, após revisão, indicou que a letra "B" é a solução correta para a pergunta. Questão 28) Inicialmente, a Oficina do Estudante considerou a alternativa "B" seria a certa, mas, após revisão, indicou que a letra "C" é a solução correta para a pergunta. Questão 32) Inicialmente, a Oficina do Estudante considerou a alternativa "B" seria a certa, mas, após revisão, indicou que a letra "C" é a solução correta para a pergunta. Questão 82) Inicialmente, a Oficina do Estudante considerou a alternativa "D" seria a certa, mas, após revisão, indicou que a letra "A" é a solução correta para a pergunta. Questão 86) Inicialmente, a Oficina do Estudante considerou a alternativa "D" seria a certa, mas, após revisão, indicou que a letra "B" é a solução correta para a pergunta. O exame O exame foi composto por 90 perguntas de múltipla escolha: 13 de língua portuguesa e literaturas de língua portuguesa, 13 de matemática, 9 de história, 9 de geografia (incluindo neste grupo filosofia e sociologia), 9 de física, 9 de química, 9 de biologia, 7 de inglês e 12 interdisciplinares. A disputa por vagas regulares ficou mais acirrada nesta edição, em virtude de novos modelos de ingresso, entre eles, as reservas de 645 cadeiras via Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). No comparativo com o ano anterior, a relação candidato-vaga média passou de 25,1 para 29,5, de acordo com a Unicamp. Entre as dez carreiras mais concorridas do processo seletivo estão: medicina (330 c/v), arquitetura e urbanismo/noturno (102,4 c/v), ciências biológicas (57,9 c/v), comunicação social/midialogia (54,6 c/v), ciência da computação/noturno (39,1 c/v), farmácia (38,5 c/v), engenharia química (37,8 c/v), engenharia de computação (35,7 c/v), enfermagem (34,9 c/v) e odontologia (34,6 c/v). O índice de abstenção na primeira fase foi de 8,59%, informou a Comvest. Esta é a primeira edição em que a Unicamp adota cotas étnico-raciais para elevar a inclusão social. Calendário Lista de aprovados na 1ª fase, locais de provas da 2ª fase e notas de corte: 10 de dezembro Divulgação das notas da 1ª fase: 20 de dezembro Provas da 2ª fase: 13, 14 e 15 de janeiro Provas de habilidades específicas: 21 a 25 de janeiro Divulgação da 1ª chamada: 11 de fevereiro Matrícula não-presencial: 12 de fevereiro Divulgação das notas da 2ª fase e classificação: 14 de fevereiro A Unicamp Fundada em 1966, a universidade estadual conta com 34 mil alunos matriculados em cursos de graduação e programas de pós-graduação, segundo o site oficial. Os três campi, localizados nas cidades de Campinas, Limeira e Piracicaba, compreendem 24 unidades de ensino e pesquisa. Veja mais notícias da região no G1 Campinas.
  • Motorista é agredido e deixado desacordado em matagal durante assalto em SP



    Polícia conseguiu recuperar o veículo e prender criminosos após perseguição no Vale do Ribeira. Carro foi roubado em Miracatu e encontrado em Juquiá. Carro roubado foi recuperado após perseguição entre Miracatu e Juquiá G1 Santos Um homem foi agredido e deixado desacordado em um terreno baldio enquanto criminosos fugiram com o carro dele, na manhã deste domingo (18), em Miracatu, na região do Vale do Ribeira, interior de São Paulo. O veículo foi encontrado horas depois, no município vizinho, em Juquiá. Segundo informações da polícia, o crime aconteceu na região Central de Miracatu. Dois homens e uma mulher abordaram um motorista e o obrigaram a sair do veículo. O dono do carro levou uma coronhada na cabeça e desmaiou. Ele foi abandonado em um matagal dentro de um terreno baldio enquanto o bando fugiu com o carro e seus pertences. Assim que acordou, a vítima acionou a Polícia Militar, que conseguiu localizar o veículo roubado ainda em Miracatu. No entanto, ao perceberem a aproximação da viatura, os criminosos fugiram em direção ao município vizinho de Juquiá, onde foram presos em flagrante. O carro recuperado deve passar por perícia antes de ser devolvido à vítima. Já os pertences foram encontrados dentro do veículo foram entregues ao dono. O caso foi registrado na Delegacia Sede de Juquiá.
  • Unicamp 2019: cobertura da primeira fase do vestibular


    Estudantes encaram 90 questões de múltipla escolha em 30 cidades de SP e mais cinco capitais. Unicamp 2019: cobertura da primeira fase do vestibular Estudantes encaram 90 questões de múltipla escolha em 30 cidades de SP e mais cinco capitais. 76,3 mil candidatos se inscreveram; prova foi das 13h às 18h. 90 questões de múltipla escolha abordaram temas como racismo, fascismo, fake news e religião. Entre os inscritos na Unicamp, 372 estrangeiros se inscreveram para a prova. Edição é a primeira em que universidade estadual aplica cotas étnico-raciais. Reserva de vagas para ingresso via Enem aumentou concorrência por vagas regulares
  • Vestibular 2019 da Unicamp tem abstenção de 8,59% e 69,7 mil participam da 1ª fase



    Ao todo, 6.558 pessoas deixaram de fazer a prova neste domingo (18). Abstenção foi menor do que em 2017, afirma Comvest. Estudantes fazem a primeira fase do vestibular da Unicamp 2019, em Campinas. Helen Sacconi/EPTV A abstenção na primeira fase do vestibular 2019 da Unicamp diminuiu e chegou a 8,59%, segundo a comissão organizadora do exame (Comvest). As provas foram aplicadas na tarde deste domingo (18) em 30 cidades paulistas, além de Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Curitiba (PR), Fortaleza (CE) e Salvador (BA). Entre os 76.319 mil inscritos, 6.558 deixaram de fazer a prova. Veja como foi a cobertura em tempo real O exame realizado neste domingo foi composto por 90 questões de múltipla escolha: 13 de língua portuguesa e literaturas de língua portuguesa, 13 de matemática, 9 de história, 9 de geografia (inclui filosofia e sociologia), 9 de física, 9 de química, 9 de biologia, 7 de inglês e 12 interdisciplinares. 1ª fase abordou racismo, fake news, religião e mais Na região de Campinas, a abstenção foi de 9,88%. Segundo o coordenador executivo da Comvest, José Alves de Freitas Neto, o índice foi próximo do registrado em 2017. [Veja, abaixo, o número de candidatos que compareceram e faltaram à prova] "A prova é um daqueles momentos em que a Unicamp, em particular, está em maior diálogo com a sociedade. Temos a oportunidade de dialogar coma educação básica, com os estudantes, com os pais, as famílias e os professores, e dar dicas do que nós fazemos na universidade", afirma. Abstenção na 1ª fase do vestibular da Unicamp A Comvest atribuiu a falta de atrasados nos locais de prova e a redução da taxa de abstenção ao aplicativo da Unicamp, que intensificou as notificações ao longo da última semana para os candidatos sobre o vestibular deste domingo. O local com maior índice de abstenção foi a cidade de Salvador (BA), com 18,23%. Na cidade, dos 1.119 inscritos, 204 não compareceram. O local com menor índice foi Mogi das Cruzes (SP). De 1.109 inscritos, apenas 55 faltaram à prova, o equivalente a 4,96%. Presentes e ausentes na 1ª fase do Vestibular da Unicamp 2019 por região Calendário Lista de aprovados na 1ª fase, locais de provas da 2ª fase e notas de corte: 10 de dezembro Divulgação das notas da 1ª fase: 20 de dezembro Provas da 2ª fase: 13, 14 e 15 de janeiro Provas de habilidades específicas: 21 a 25 de janeiro Divulgação da 1ª chamada: 11 de fevereiro Matrícula não-presencial: 12 de fevereiro Divulgação das notas da 2ª fase e classificação: 14 de fevereiro Cotas A opção pelas cotas no vestibular 2019 da Unicamp foi deixada de lado por 45% dos estudantes inscritos autodeclarados pretos e pardos, segundo a Comvest. O total representa 9,1 mil entre os 16,6 mil candidatos deste grupo, e 12% do total de 76,3 mil que buscam uma vaga na universidade. A Unicamp Fundada em 1966, a universidade estadual conta com 34 mil alunos matriculados em cursos de graduação e programas de pós-graduação, segundo o site oficial. Os três campi, localizados nas cidades de Campinas, Limeira e Piracicaba, compreendem 24 unidades de ensino e pesquisa. Veja mais notícias da região no G1 Campinas
  • Peruíbe oferece desconto e parcelamento para contribuintes com débitos em atraso


    Detalhes do Refis Municipal foram divulgados pela Prefeitura. A Prefeitura de Peruíbe, no litoral de São Paulo, divulgou nesta semana as regras para o Programa de Recuperação Fiscal (Refis), que oferece descontos aos contribuintes que estão com tributos atrasados. De acordo om a Lei nº 3.670, de 8 de novembro de 2018, poderão aderir Refis, os contribuintes que tenham débitos com vencimento até 31 de dezembro de 2017, inscritos ou não em divida ativa, mesmo os que tenham sido objeto de parcelamento anterior, não integralmente quitado, ainda que cancelado por falta de pagamento. Os contribuientes interessados têm até o dia 28 de dezembro para aderir a uma das cotas do programa. Parcelamento em até 36 vezes para débitos até R$ 5.000 Parcelamento em até 48 vezes para débitos de R$ 5.000,01 a R$ 10.000 Parcelamento em até 60 vezes para débitos de R$ 10.000,01 a R$ 30.000 Parcelamento em até 72 vezes para débitos de R$ 30.000,01 a 70.000 Parcelamento em até 84 vezes para débitos de R$ 70.000,01 a 120.000 Parcelamento em até 96 vezes para débitos superiores a R$ 120.000 Quem pagar a vista ou parcelar em até 3 vezes terá 100% de desconto sobre multas e juros moratórios. Já para quem escolher um parcelamento de 4 a 12 parcelas, haverá 90% de desconto. De 13 até 24 parcelas, o programa prevê desconto de 80%. De 25 a 36 parcelas, 70% de desconto; de 37 até 48 parcelas, 50% de desconto. Os interessados em aderir ao REFIS devem comparecer ao setor de Atendimento na Prefeitura de Peruíbe, que fica na rua Nilo Soares Ferreira, nº 50, Centro. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h, e formalizar protocolo de solicitação. Mais detalhes da Lei podem ser consultados no site oficial.