Tudo sobre São Vicente em um único lugar – São Vicente Online

Encontre, avalie e compartilhe locais e empresas perto de você

Em quê você está interessado? Explore algumas das melhores dicas da cidade de São Vicente

Conheça nosso trabalho Descubra como o São Vicente Online pode ajudá-lo a encontrar tudo o que quiser.

Escolha o que fazer
À procura de um hotel acolhedor para ficar, um restaurante para comer, um museu para visitar ou um shopping para fazer compras?
Encontre o que você quer
Pesquisar e filtrar centenas de listas, ler comentários, explore fotos e encontrar o local perfeito.
Conheça novos locais
Não perca tempo, abra a mente e explores locais diferenciados e negócios inusitados. Isso é São Vicente, a primeira cidade do Brasil.

Últimas Notícias

  • Baixada Santista confirma novos casos e chega a 20 infectados pela varíola dos macacos



    Região também conta com 26 casos suspeitos da doença. Com novas confirmações, Baixada Santista soma 20 casos confirmados de varíola dos macacos Reprodução/TV Anhanguera A Baixada Santista, no litoral de São Paulo, soma 20 casos confirmados da varíola dos macacos, considerando os índices das prefeituras. Segundo o Estado de São Paulo, a região teria 22 infectados com a doença, além de outros 26 são suspeitos. Santos lidera o ranking de casos confirmados na região, com nove diagnosticados. Segundo a prefeitura, todos são homens adultos e não apresentam sinais de gravidade. Quatro deles, inclusive, já receberam alta. A cidade também tem 18 pessoas com suspeita da doença. Praia Grande está em segundo lugar, com sete casos confirmados da varíola dos macacos. De acordo com a administração municipal, os infectados também são homens adultos e estão em isolamento domiciliar. A Prefeitura de São Vicente confirmou três infectados, mas a cidade aguarda o resultado dos exames de outros quatro suspeitos. Entretanto, o Governo de São Paulo informou que a cidade soma quatro casos confirmados da varíola dos macacos. Segundo a prefeitura, os infectados estão em isolamento domiciliar. Itanhaém confirmou um caso da varíola dos macacos. Segundo a administração municipal, o paciente já recebeu alta e passa bem. As prefeituras de Bertioga, Cubatão, Guarujá, Mongaguá e Peruíbe afirmam que não registraram casos de varíola dos macacos. Entretanto, Bertioga e Peruíbe têm dois suspeitos cada. Caso de Cubatão detectado em Araras Em nota, o Estado de São Paulo aponta que Cubatão também tem um caso confirmado da doença. No entanto, a prefeitura explicou que o paciente diagnosticado com a varíola dos macacos está em Araras, interior de São Paulo, mas, ao realizar o exame, cadastrou um endereço de Cubatão. A prefeitura ressalta que ainda não foi confirmado nenhum caso que, de fato, tenha ocorrido no município. Baixada Santista soma 20 casos de varíola dos macacos, segundo as prefeituras Getty Images VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias A
  • Criminoso é preso por matar gerente de banco que voltava da igreja com a família no interior de SP



    Crime aconteceu em maio deste ano, em Registro (SP). Outros dois comparsas que participaram do homicídio já estavam detidos. Polícia Civil prende homem suspeito de matar gerente de banco em Registro (SP) Reprodução/TV Tribuna A Polícia Civil prendeu nesta sexta-feira (12) um dos três envolvidos na morte do gerente de banco Felipe Morales, de 30 anos, em Registro, no interior de São Paulo. Conforme apurado pelo g1, os comparsas foram detidos por outros crimes e já estão na penitenciária do município. O bancário foi morto a tiros na frente da própria casa, em maio deste ano. A vítima voltava da igreja com a família quando foi abordada pelos criminosos. O terceiro suspeito a ser preso, Igor Pereira Felis, foi encontrado pela relação com os outros dois envolvidos no crime. A primeira prisão aconteceu cerca de oito dias após o homicídio. A Polícia Militar (PM) abordou dois homens em Registro (SP) e um deles foi detido em flagrante por porte ilegal de arma. Pouco mais de um mês depois, outro foi preso por roubo no município e também teve uma arma apreendida. A investigação Só depois que o segundo infrator foi preso, a Polícia Civil identificou uma possível relação dele com a morte do bancário. O que se confirmou pela arma apreendida, a mesma usada no homicídio de Felipe. A investigação foi feita com base no laudo do Instituto Médico Legal (IML) sobre o projétil retirado do corpo, identificado pela corporação como calibre 32. A perícia concluiu que a arma apreendida com o homem detido por roubo foi a mesma utilizada para matar a vítima em maio. A partir daí, os agentes conseguiram traçar os perfis dos outros dois envolvidos, sendo que um já estava na penitenciária e Igor Pereira, que foi capturado agora por agentes da Delegacia de Polícia de Investigações Gerais (DIG) de Registro (SP) nesta sexta-feira (12). Arma utilizada em outro crime foi determinante para a localização dos envolvidos no homicídio Reprodução/TV Tribuna Relembre o caso O gerente bancário Felipe Morales, de 30 anos, foi morto a tiros após ser abordado em frente à própria casa, localizada no bairro Jardim São Matheus, em Registro (SP). Conforme reportado pelo g1 na ocasião, a vítima estava acompanhada da esposa, de um filho de seis anos e de outro, uma "criança de colo" - sem idade divulgada. Os familiares entraram na residência enquanto o homem ficou do lado de fora com os criminosos, em frente ao portão. Felipe Morales, de 30 anos, morreu em frente de casa após chegar da igreja com a família em Registro (SP) Reprodução/TV Tribuna VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos