• VÍDEOS: Jornal da Tribuna 2ª Edição de sábado, 16 de janeiro



    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias da Baixada Santista e do Vale do Ribeira. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias da Baixada Santista e do Vale do Ribeira.
  • Baixada Santista ultrapassa marca de 87 mil casos confirmados de Covid-19



    Região soma 87.175 confirmações e 2.915 mortes causadas pela doença neste sábado (16). Baixada Santista ultrapassa marca de 87 mil casos confirmados de Covid-19 Luciano Claudino/Estadão Conteúdo A Baixada Santista, região de São Paulo, ultrapassou a marca de 87 mil confirmações de Covid-19 neste sábado (16). Segundo os boletins epidemiológicos divulgados pelas prefeituras, também foram contabilizadas sete mortes pela doença na região nas últimas 24 horas. Ao todo, a Baixada Santista soma 87.175 confirmações e 2.915 mortes por Covid-19. São 2.660 casos suspeitos, 103 óbitos sob investigação e 76.585 pacientes recuperados. O número de internados chega a 279. VÍDEOS: Incubação, sintomas e mais perguntas e respostas BOATOS: O que é #FATO ou #FAKE sobre o coronavírus GRUPOS VULNERÁVEIS: Veja quais grupos têm mais complicações SINTOMAS: Febre, tosse e dificuldade de respirar; entenda em detalhes Santos é a cidade com o maior número de internações. Porém, em 24 horas, o número de pessoas com Covid-19 internadas na rede hospitalar diminuiu, de 261 para 246. Destas, 140 são moradoras de Santos e 106 de outros municípios. No município, a taxa de ocupação geral dos 733 leitos Covid-19 disponíveis está em 34%. Entre os 319 leitos de UTI, a ocupação é de 44%. Na rede SUS, a taxa é de 34% e, na rede privada, de 57%. Guarujá e Itanhaém não atualizaram o boletim neste sábado. Foram registrado novos óbitos pela doença na região, sete ao todo. Também houve aumento no número de recuperações, somando mais de 76,5 mil altas. Confira os casos na Baixada Santista * Guarujá e Itanhaém não divulgaram boletins atualizados neste sábado. O número de internados em Cubatão é referente apenas a pacientes de UTI, conforme é repassado pela prefeitura. Dicas de prevenção contra o coronavírus Arte/G1
  • Homem desaparece em canal dentro de comunidade durante confronto com a PM no litoral de SP



    Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), Corpo de Bombeiros foi acionado para realizar buscas, mas homem não foi localizado até o término da operação. Policiais militares durante ação em comunidade de Santos, SP G1 Santos Um homem de 28 anos está desaparecido dentro do Largo da Pompeba, entre os municípios de Santos e Cubatão (SP), após um confronto com a Polícia Militar na tarde de sexta-feira (15), de acordo com o relato de familiares ao G1. O Corpo de Bombeiros foi acionado para realizar buscas pelo canal, mas o homem não foi localizado até o término da operação. Equipes do 2º BAEP estavam na comunidade realizando uma operação a fim de averiguar uma denúncia anônima sobre um policial militar desaparecido. De acordo com as informações obtidas, havia possibilidade de ele estar na região do Caminho São Sebastião. Por nota, a Polícia Militar informou que um homem de 20 anos foi preso após resistir a uma abordagem policial, na região da Travessa Vila Telma, em uma comunidade no bairro Rádio Clube, por volta das 17h40. Com a chegada das equipes no local, homens suspeitos iniciaram a fuga em dois barcos e, segundo a Polícia Militar, efetuaram diversos disparos de arma de fogo contra os policiais. Um dos barcos, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública, retornou de onde havia saído e o outro seguiu sentido Cubatão. Policiais militares durante ação em comunidade de Santos, SP G1 Santos Então, foi solicitado apoio para a equipe de bote do Baep, que se encontrava no canal, para interceptar o barco que fugiu. A equipe foi alvejada por disparos e revidou. Em seguida, dois suspeitos pularam do barco e passaram a fugir nadando, sendo que um deles continuou dentro d'água efetuando disparos em direção aos policiais e outro se entregou. Familiares afirmam que, neste momento, o homem que fugiu foi atingido por diversos disparos e desapareceu dentro do largo, não sendo mais visto até então. A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que foi solicitado apoio do Corpo de Bombeiros para realizar buscas pelo canal, mas nada foi localizado até o término da operação. Os barcos foram apreendidos e, dentro deles, foram localizadas diversas cápsulas de diferentes calibres, drogas, caderno com a contabilidade referente ao tráfico de drogas, uma pistola calibre 380, dois aparelhos celulares, cápsulas deflagradas, um rádio HT, mais cadernos e entorpecentes, segundo a SSP. O homem detido e os objetos foram encaminhados à Central de Polícia Judiciária de Santos, onde ele foi mantido preso por porte ilegal de arma de fogo, tentativa de homicídio e tráfico de drogas. Segundo a polícia, ao todo, foram encaminhadas para perícia 2.277 porções de drogas, juntamente com as armas dos policiais e dos envolvidos e os outro itens. VÍDEOS: as notícias mais vistas do G1
  • Criminosos invadem Museu do Surfe e levam peças importantes em Santos, SP



    Idealizador do museu, Diniz Iozzi diz que pranchas subtraídas são releituras exclusivas dos anos 60. Porta de vidro do museu foi quebrada na madrugada deste sábado (16) Vanessa Rodrigues/Jornal A Tribuna O Museu do Surfe foi furtado na madrugada deste sábado (16) e duas peças importantes foram levadas pelos criminosos. O idealizador do museu, Diniz Iozzi, conta que às 8h da manhã profissionais que faziam a manutenção do local verificaram que a porta de vidro estava quebrada e deram falta de duas pranchas longboards twin. As pranchas furtadas eram peças exclusivas do acervo. Segundo Iozzi, elas têm um valor imensurável, pois são fruto de uma pesquisa e foram produzidas pelos irmãos Eduardo Argento e Arlindo Argento, pioneiros do surfe em Santos, que já faleceram. “Essas pranchas são uma releitura das pranchas dos anos 60. Não tem como refazer”, conta. Sobre a segurança do local, Diniz relata que o museu conta com câmeras de monitoramento, alarme e wi-fi, no entanto, nenhum dos recursos estavam funcionando. “Está tudo instalado e nada funcionando. O povo perdeu um pedaço do acervo onde nasceu o surfe no Brasil, nós temos a obrigação de pesquisar e divulgar essa história”. Diante da perda, a alternativa será contar com a ajuda da comunidade para recuperar as peças. “Estamos colocando foto das pranchas nas redes sociais para que a comunidade ajude. Elas não são comuns, nem mesmo as cores (amarela e azul), são diferentes das pranchas atuais e só tem uma quilha”, diz Iozzi. Em nota, a Prefeitura de Santos confirma que na madrugada deste sábado, durante a troca de turno dos guardas municipais que fazem a segurança do Parque Municipal Roberto Mário Santini, duas pranchas foram furtadas do Museu do Surfe, após a porta de vidro ter sido quebrada. Os reparos no local já foram realizados. A ocorrência foi registrada no 7°DP. Pranchas são releituras dos anos 60 produzidas pelos irmãos Eduardo Argento e Arlindo Argento Diniz Iozzi VÍDEOS: Confira os destaques da região no G1 em 1 minuto de Santos
  • Polícia localiza casa utilizada como depósito de drogas e prende suspeito em Registro, SP



    Segundo a Polícia Civil, foram apreendidas drogas na residência, além de equipamentos usados no tráfico. Polícia Civil apreendeu drogas e equipamentos utilizados para o tráfico em residência localizada em Registro, SP Divulgação/Polícia Civil Policiais da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise), localizaram na tarde de quinta-feira (15), uma casa que era utilizada por traficantes para armazenar e embalar as drogas que seriam comercializadas aos usuários, no Jardim Leblon, em Registro, interior de São Paulo. Segundo a Polícia Civil, um homem de 28 anos foi preso, suspeito de ser o responsável pela guarda e entrega das drogas. De acordo com a polícia, a identificação dessa residência foi obtida por meio das investigações em curso na delegacia especializada, que apontavam o imóvel como depósito de uma organização criminosa. Ao irem até o imóvel, os investigadores afirmam que encontraram uma motocicleta na porta, e que já tinham apurado que o veículo era usado por um homem, para fazer a entrega de entorpecentes na região. Os policiais afirmam que foram atendidos pelo suspeito, que permitiu a entrada, demonstrando nervosismo. Segundo a polícia, ao ser questionado, ele assumiu que mantinha drogas no interior da residência. No total, foram localizados e apreendidos 280 pinos de cocaína (200 gramas), 4480 micro tubos de crack (2850 gramas) e 293 porções de maconha (448 gramas). A equipe relata que também localizou três aparelhos de telefone celular, rolos de fita adesiva, centenas de elásticos, diversas anotações de tráfico e ainda um tambor vazio, normalmente utilizado para enterrar as drogas. De acordo com a Polícia Civil, todo o material apreendido, inclusive a motocicleta utilizada para entrega das drogas, será submetido à perícia criminal. O suspeito foi autuado e preso em flagrante pela prática de crime de tráfico de drogas. Drogas foram apreendidas pela Polícia Civil em Registro, SP Divulgação/Polícia Civil VÍDEOS: As notícias mais vistas do G1